Nenhuma empresa está imune às crises. Estudar o entorno e preparar-se para os cenários que possam afetar seu funcionamento é fundamental para que um negócio resista no tempo e saia fortalecido das dificuldades.

O conhecimento sobre entornos financeiros e a correta otimização dos recursos é essencial em momentos de crise, mas como saber agir quando enfrentamos esse tipo de obstáculos?

Uma empresa é competitiva por meio do equilíbrio entre seis verticais fundamentais para a sustentabilidade de um negócio, que são: talento humano, legal, mercados, tecnologia, operacional e financeira. Esta última pode ser uma das preocupações primordiais de um empresário em tempos de crise.

Estas são algumas ações fundamentais para uma gestão eficiente do capital durante uma crise.

Prepare-se para a crise

Como já mencionamos anteriormente, as crises são inevitáveis, mas podemos nos preparar antecipadamente para mitigar seus efeitos negativos. A revista de negócios Harvard Business Review recomenda refletir sobre os ensinamentos que as crises deixam para que possamos aprender lições, descobertas e ações indispensáveis em momentos como esses.

Além disso, é importante revisar a cadeia de suprimentos para identificar vulnerabilidades no processo e, se necessário, reconstruí-la para torná-la mais ágil e sensível às dinâmicas de mudanças do entorno.

Nesse sentido, também é fundamental preparar-se para um entorno em constante transformação, repensar atividades e ajustar orçamentos que fortaleçam a empresa e sua capacidade financeira.

Concentre gastos em áreas primordiais

O primeiro passo em uma crise é reduzir os gastos e concentrar-se naqueles que sejam estratégicos para a organização, isso significa suspender temporariamente os gastos desnecessários. Também é importante interromper os investimentos que impliquem maiores riscos, adiar projetos que poderiam se tornar caros e suspender ou diminuir os dividendos.

Busque como aumentar os lucros da empresa

Isso parece impossível, mas não é. As crises são uma boa oportunidade para estabelecer planos comerciais que mitiguem os danos. Você também pode se concentrar em estratégicas como descontos para acelerar o pagamento, definir um plano de economia, administrar o faturamento e a carteira minuciosamente.

Além disso, é importante aproveitar todas as oportunidades financeiras vigentes para aumentar a liquidez, ajustar os créditos para longo prazo e negociar períodos para pagamentos a capital e juros.

0
2 min de lectura

Compartir entrada